Você conhece todos os tipos de tecido? Saiba a diferença entre tecidos e como cada um pode ser usado

Você conhece todos os tipos de tecido? Saiba a diferença entre tecidos e como cada um pode ser usado

Confira os 04 tecidos mais utilizados para confecção e roupas e acessórios para casa!

E aí? Você conhece todos os tipos de tecido?  Para quem está engatinhando no mundo costura, dúvidas de quais sãos as melhores opções para algumas confecções são sempre recorrentes.  E para sanar pelo menos uma parcela desses questionamentos, vale a pena considerar a leitura deste conteúdo. Isso porque, você saberá 04 tecidos mais utilizados.

Confira os 04 tecidos para a produção de peças de roupa e acessórios para casa!

Podemos dizer que a relação do ser humano com os tecidos é uma conexão que se faz presente desde os primórdios da humanidade. Uma prova disso foi a descoberta de novas matérias-primas, que hoje dão vida a toda a versatilidade encontrada na indústria têxtil.

A seguir falaremos sobre a composição dos 04 tecidos mais utilizados. Afinal, para não cometer nenhum erro, o bom mesmo é conhecer as particularidades de cada um.

Algodão

O algodão é conhecido por ser a fibra natural queridinha de todos.  Ao todo, essa matéria-prima passa por 08 fases de tratamento até chegar a sua consistência ideal.  Uma característica inerente deste tecido é dada pelo seu conforto, que possibilita mais transpiração e menos isolamento térmico.

Outro detalhe importante é que as confecções a base de algodão destacam-se por terem uma secagem rápida, além de driblarem a sensação de desconforto provocada pelas altas temperaturas.  Ou seja, quando o verão chega, apostar em peças de algodão é sempre a melhor alternativa.

E já que estamos falando sobre as peças, em relação ao uso do algodão, esse tecido é muito recomendado na produção de camisas, vestidos, blusas, camisetas, roupas de cama, mesa e banho.

Poliéster

O poliéster está para fibra sintética mais usada, assim como o algodão está para a fibra natural. Inventado pelos químicos britânicos John Rex Whinfield e James Tennant Dickson, o seu lançamento oficial em 1941.  Naquela época, qualidades como secagem rápida, isolação térmica e resistência a manchas causaram um verdadeiro frisson no mundo da moda.

Vale lembrar que por mais que a base do poliéster seja o petróleo não renovável, um ponto positivo é que ele 100% reciclável. Além disso, como boa parte das fibras sintéticas, o poliéster é difícil de amassar.

Os tecidos e malhas composto por essa fibra podem ser usados na confecção de camisas, calças, casacos, chapéus, lençóis, cortinados e móveis estofados.

Viscose

A viscose é uma fibra artificial da celulose, que deriva de pedaços de madeira ou do línter da semente do algodão.  Sendo muito utilizada na produção de roupas casuais, as principais vantagens desse tecido estão relacionadas ao seu caimento, textura leve, lavagem rápida e resistência aos raios ultravioletas.

Na moda esse tecido é aplicado na fabricação de vestidos, camisetas, camisas, blusas, macacões, saias.  Agora para a decoração do seu lar, as almofadas e os estofados ganham um aspecto único com esse tecido.

Linho

O linho é considerado o tecido mais antigo que se tem registro, isso porque dados históricos apontam que as confecções a base dessa fibra já aconteciam por volta de 8000 anos a.C. A sua origem é recorrente do caule extraído de plantas herbáceas.

Por ser um tecido de aspecto mais pesado, as peças produzidas geralmente são blazers, vestidos, calças, ternos, camisas e jaquetas. Nos acessórios para casa, o linho acaba sendo mais recomendado para a confecção de cobertores, lençóis, cobertas e cortinas.

Vale ressaltar também que esse tecido é muito mais resistente do que o algodão, o que faz dele a melhor opção para moda outono/inverno.

Entenda também a diferença entre os tecidos naturais e sintéticos.

Basicamente, são classificados como tecidos naturais todos aqueles que derivam de animais, vegetais ou minerais. Em relação à lavagem, o mais indicado é que esses tecidos sejam lavados a seco, já que a água pode danificá-los.

Agora, os tecidos sintéticos são todos aqueles produzidos a base de componentes químicos. Dentre as principais características desse tecido, destacam-se a durabilidade e manutenção.

E aí? O que você achou deste conteúdo? Deu para entender melhor sobre os quatro tecidos mais utilizados no mundo da moda?

Para ficar por dentro de mais conteúdos sobre o mundo têxtil, curta a nossa página no Facebook e siga o nosso perfil no Instagram!

Sem comentários

Deixe uma resposta